Frete Promocional Estado de São Paulo R$ 6,50

FRETE PARA TODO ESTADO DE SÃO PAULO - SOMENTE R$ 6,50

Carrinho 0

10 dicas para você aguentar firme!

Postado por Taisi Datovo em

A transição capilar vai muito além de abandonar processos de alisamento, é um processo de autoconhecimento, resgate da ancestralidade e abandono de um padrão de beleza ocidental imposta.

É um processo de auto aceitação diário, que te faz lidar com todas as mudanças capilares e de humor todos os dias. É acordar, se olhar no espelho e querer desistir de tudo, e aí vai para um grupo de apoio e encontra mulheres fortes que te ajudam a passar por tudo isso.

Então se você está disposta a encarar uma transição capilar, vem com a gente que vamos colocar algumas dicas para você passar por ela da melhor maneira possível!

1 – Tenha Calma

Essa é a primeira dica uma vez que, como falamos acima, é um processo que vai desde uma mudança pessoal, para uma mudança capilar lenta.

Você vai precisar lidar com essa “demora” diariamente, e a parte boa disso é que com isso, você terá tempo de aprender um resgate cultural de suas origens, e entender o quanto ele é rico e poderoso.

2 – Busque grupos de apoio

Não é um processo fácil, e além de lidar com suas alterações de humor, será preciso enfrentar a opinião de muitas pessoas. Principalmente das mais próximas que estão acostumadas com a sua imagem alisada durante tanto tempo.

Procure por grupos nas redes sociais onde há muitas mulheres tão forte quanto você, apoiando umas as outras e ajudando a passar por essa fase, de um modo mais leve.

3 – Intensifique a hidratação

O cabelo cacheado e crespo é naturalmente mais ressecado que os cabelos lisos. Isso se dá pela fisiologia dos fios, que impedem que a oleosidade natural do couro cabeludo ande até a sua extensão, por isso, intensifique a hidratação para que esse novo cabelo fique macio, soltinho e longe do frizz.

4 – Tenha cuidado com ferramentas de calor

Muitas meninas optam por passar a alisar o novo cabelo até que ele cresça o suficiente para cortar, e tudo bem. Essa escolha precisa apenas de uma atenção extra com as ferramentas de calor. O alisamento cria uma espécie de blindagem no fio, fechando completamente suas escamas e não permitindo que nada penetre no fio para que este não perca sua textura lisa, mas o novo cabelo não possui essa proteção, ficando mais frágil e suscetível a sofrer com as ferramentas de calor. Se você escolher passar pela transição fazendo o alisamento mecânico, aposte em bons leave-ins de proteção térmica e óleos protetores.

5 – Aprenda técnicas de texturização

Já existem diversas técnicas para disfarçar as diferentes texturas no cabelo, uma ótima alternativa para quem ainda não está pronta para o big shop. A texturização é um método que altera o formato do fio sem química. Você pode fazê-lo através de coquinhos, onde você separa mechas pequenas, aplica um pouco de aplique um gel ou gelatina para modelar os fios, faz pequenos coquinhos e prende por aproximadamente 2 horas. Ao soltá-lo, modelo com géis e modeladores dando mais uma amassadinha. Tem também os bigodinhos, que são acessórios que te ajudam a modelar. Funciona como os coquinhos, aplique um gel ou gelatina para modelar os fios, enrola a mecha nos bigodinhos e aguarde por 2 horas. Existem diversos acessórios que podem te ajudar nesse momento, o legal dessa técnica é que já dá para ter uma ideia de como ficará seu cabelo todo enroladinho!

5 - Box Braids do poder

Box Braids ou mais popularmente conhecida como tranças, são outra excelente opção para passar pela transição capilar em grande estilo. Lembrando que este é um momento de ousar e que você poderá brincar com seu visual de todas as maneiras possíveis, e nada mais estiloso e poderoso que uma mulher trançada!

6 – O Big Shop

O Big Shop é o grande corte. Aquele que faz você abandonar de vez a parte alisada do cabelo. Esse é um passo super importante e que precisa ser bem pensado. Você pode ousar e raspar todo o seu cabelo, ou pode seguir cuidando dele de diferentes formas até você estar segura o suficiente para deixar as madeixas alisadas para trás. Como a cacheada sofre bastante com o fator encolhimento, é preciso levar isso bastante em consideração para não sofrer com os cabelos curtos.

7 – Cortes de cabelos regulares

Não existe outra forma de eliminar o cabelo alisado do que cortando. Por isso, ainda que você não pense em aderir ao Big Shop, é preciso manter o corte regular das pontas e até mesmo pensar em cortes que valorizem o seu novo visual.

8 – Quanto tempo demora uma transição?

Essa é uma pergunta impossível de se responder. Embora existam diversas linhas que auxiliam na aceleração do crescimento capilar, o cabelo cresce no máximo 1,2 centímetro ao mês, porém o crescimento é um fator genético que pode sofrer influencia de diversas coisas, como alimentação, característica do fio, produtos químicos e etc. E também quanto tempo você quer esperar para o big shop. Se você raspar logo de cara, o seu processo de transição termina a partir que o novo cabelo começar a nascer.  

9 – Abuse de acessórios.

Lenços, grampos, tiaras e claro, os turbantes, serão seus grandes aliados nessa sua nova fase. Abuse deles e busque aprender novos penteados.

10 – Busque produtos que atenda sua nova realidade.

Abandone os produtos para cabelos alisados e se delicie com os infinitos produtos para as cacheadas e crespas. Diferentes texturas, fixações, modelação e proteção farão parte do seu dia a dia.

Passar pela transição não é simples pois não se trata só de cabelo. É também uma questão de identidade e autoestima.

Entenda que cada fase da transição é diferente, aproveite cada uma delas. E no fim, não esqueça de cultivar o amor-próprio, essa é sempre a melhor dica.


Compartilhe esta postagem



← Post anterior Post seguinte →